Imprimir

Quanto vale uma consulta veterinária?

Escrito por Silvia Schultz - Médica Veterinária - CRMV - RS 12750 .

Quando adotamos ou compramos um animal de estimação, estamos nos responsabilizando por uma vida que estará ao nosso lado por vários anos e que necessitará de todo o nosso cuidado e proteção. E ao longo desse tempo, invariavelmente o nosso gatinho ou cachorrinho necessitará de um atendimento médico. São várias as situações que exigem uma visita ao consultório do veterinário, desde as mais simples, como vacinações e exames de rotina, até as mais complexas e que trazem risco de vida, como traumas e doenças infecto-contagiosas.

Os animais não falam, e dependem de nós para basicamente tudo. Porém, eles demonstram várias situações através de sinais. Cabe à nós, guardiões responsáveis, interpretar corretamente estes sinais e intervir quando necessário. Rabinho balançando é sinal de alegria e contentamento; rabinho pra baixo é sinal de submissão ou dor. Olhos brilhantes e vivos indicam saúde enquanto que olhinhos opacos indicam que nosso amiguinho não está bem. Orelhinha coçando e balançando sem parar pode indicar uma otite. Energia para correr e brincar indica bem estar, enquanto que apatia, prostração ou agressividade indicam algum desconforto, dor ou problema de saúde. Até mesmo sinais mais sutis devem ser observados e investigados, como mudanças de comportamento, alterações no hábito urinário e intestinal e diminuição do apetite. Todos estes sinais indicam que algo está acontecendo com o nosso animal e não podem ser negligenciados. Está na hora de uma visita ao veterinário.


Entretanto, diante de várias destas situações, muitos proprietários se perguntam: será que levá-lo ao veterinário é mesmo necessário? Afinal uma consulta veterinária exige tempo, disposição, transporte e muitas vezes um investimento além do orçamento do mês. Então vem a dúvida: qual o valor de uma consulta veterinária para a saúde e qualidade de vida dos nossos animais?

O que devemos entender antes de mais nada é que cada animal é único e deve ser avaliado individualmente. Jamais se faz um diagnóstico e se indica um tratamento sem antes examinar cuidadosamente o animal. Daí a importância da consulta, pois vários sintomas se repetem em diversas doenças, portanto podemos ter doenças diferentes, mas com sinais clínicos semelhantes. Da mesma forma, dois animais podem ter sintomas semelhantes e apresentarem doenças diferentes, o que nos mostra que é inviável o diagnóstico e o tratamento correto sem a avaliação ao vivo pelo veterinário.

O que devemos saber então é que através de uma consulta veterinária, vários destes sinais clínicos podem ser detectados, permitindo o diagnóstico precoce e conseqüentemente o tratamento correto. Uma avaliação cautelosa por parte do veterinário pode detectar alterações de comportamento, problemas de pele, distúrbios metabólicos entre vários outros problemas. No exame geral, se observam alterações de marcha, lesões aparentes, problemas neurológicos visíveis, temperatura, estado corporal e padrão respiratório. Pela palpação dos órgãos abdominais, o veterinário consegue identificar problemas no trato digestivo, como constipação (retenção de fezes) ou presença de tumores ou nódulos. A ausculta cardíaca permite avaliar a funcionalidade do coração, diagnosticar e tratar alterações importantes que colocam em risco a vida do animal. O exame pulmonar também é importantíssimo e pode sugerir a presença de doenças do sistema respiratório. Além disso, vários outros aspectos são criteriosamente avaliados, como boca, dentes, mucosas, estado de hidratação, aspecto dos pêlos, audição e visão. Ainda de acordo com os sinais apresentados pelo animal, outros órgãos e estruturas podem ser examinados.

Após o exame clínico, é hora dos exames complementares. O veterinário tem condições de decidir quais os exames serão necessários para fechar o diagnostico. Exames laboratoriais, como hemograma, testes de função hepática, pancreática e renal auxiliam no diagnóstico de doenças degenerativas, metabólicas e infecciosas. Raios X, tomografias e ultrasonografias são especialmente úteis na avaliação de órgãos internos (ossos, estômago, rins, bexiga, intestinos). Exames de urina podem esclarecer quadros infecciosos e inflamatórios do sistema urinário, e o eletrocardiograma mostra o ritmo cardíaco e suas alterações.

Cheak ups periódicos também são importantes e necessários, especialmente quando temos um animal idoso em casa. Dessa forma, até mesmo as alterações mais sutis podem ser percebidas e tratadas precocemente, aumentando a qualidade e expectativa de vida. Todos estes procedimentos, desde o exame clínico até exames complementares, permitem detectar o que está acontecendo com o animal e intervir terapeuticamente de forma a restabelecer sua saúde o mais rápido possível.


Mas uma consulta veterinária não é apenas o momento para exames e avaliações. É também o momento de aprender a cuidar melhor do nosso animal. Orientações sobre vacinação, alimentação, passeios, banhos, atividades físicas, controle de ectoparasitas e vários outros cuidados gerais podem ser obtidos em uma conversa com o veterinário. É importante neste momento ter uma relação de confiança com o profissional e questioná-lo de forma a tirar todas as dúvidas e proporcionar uma vida com mais qualidade ao nosso pet.

Dessa forma concluímos que uma consulta veterinária bem feita e no momento certo pode salvar vidas, e isso não tem preço. Jamais devemos negar assistência aos nossos animais, e mesmo que as alterações pareçam pouco importantes, devem ser investigadas e tratadas precocemente. Tentativas de diagnóstico feito por pessoas leigas ou pelo próprio guardião na tentativa de evitar a visita ao veterinário não só prejudicam o animal como induzem à um tratamento incorreto que pode protelar a cura e lhe custar a vida. É importante termos em mente que nosso animal depende de nós, e devemos proporcionar à ele uma vida tranqüila e saudável. Isso faz de nós guardiões responsáveis e de nossos pets animais felizes.

Gostou do artigo? Compartilhe então!

Hits: 30695

Comentarios (0)


Mostrar/Esconder comentarios

Escreva seu Comentario

Voce precisa estar logado para postar um comentario. Por favor registre-se se caso nao tenha uma conta

busy