Imprimir
PDF

Acupuntura Veterinária

Escrito por Daniela Lewgoy - Médica Veterinária - CRMV 8442 .

A acupuntura é uma das técnicas componentes da Medicina Tradicional Chinesa (MTC), foi desenvolvida na China há mais de 4 mil anos. A acupuntura veterinária teve a sua explosão nos tempos atuais, e foi altamente especializada e melhorada por veterinários ocidentais, que buscavam outras alternativas às formas convencionais de tratamento existentes. Em 1995 foi reconhecida como especialidade médico veterinária pelo CFMV.

Sua realização consiste em introduzir finas agulhas de aço inoxidável na pele com a finalidade de estimular pontos específicos relacionados a cada órgão do corpo. E cada órgão possui um trajeto de energia que percorre o corpo, chamado de meridiano. Com a estimulação dos pontos, a energia que está bloqueada nos meridianos se espalha, reequilibrando o funcionamento do corpo como um todo. Dentro da concepção chinesa, a doença é uma manifestação de desequilíbrio, e a acupuntura seria uma forma de readquirir a harmonia perdida.

A duração do tratamento varia de acordo com a doença apresentada e com a receptividade do animal. Dependendo do quadro do paciente as sessões de acupuntura podem ser associadas a medicamentos fitoterápicos, homeopáticos ou alopáticos, obtendo-se ótimos resultados e diminuindo a incidência de cirurgias.

A acupuntura veterinária tornou-se popular por ser uma terapia segura, rápida e eficiente. É útil em qualquer enfermidade, podendo ser utilizada como tratamento principal ou auxiliar. Tendo como maiores benefícios a indicação para qualquer tipo de animal, independente de idade ou sexo; pode ser usada em qualquer enfermidade e localização; não causa dor ao animal e nem reações adversas e quase não possui contra-indicações.

Principais indicações da acupuntura em animais: transtornos osteo-musculares, doenças articulares degenerativas, respiratórias, digestivas, dermatológicas, endócrinas, distúrbios reprodutivos, afecções neurológicas, imunes, tratamento da dor, auxiliar em recuperação pós-cirúrgica e coadjuvante de tratamentos convencionais através de medicação.

Vantagens no tratamento: Retira dores; estabiliza a energia dos órgãos; promove maior conforto e, conseqüentemente, melhora a qualidade de vida do animal; pode ser associada a outras terapias, pois interfere somente de maneira positiva nos tratamentos convencionais, trazendo resultados melhores e mais rápidos; restritas contra-indicações, terapia relativamente barata, com resultados satisfatórios, sem efeitos colaterais indesejáveis que os fármacos possuem; com a exigência de exames anti-dopping, a acupuntura tem sido cada vez mais requisitada na rotina de animais atletas e de exposição, pois pode ser realizada até mesmo minutos antes da prova e apresentação.

Quem Pode Aplicar A Acupuntura Em Animais: Somente um médico veterinário devidamente qualificado na área de Acupuntura Veterinária poderá utilizar as técnicas da Medicina Veterinária Tradicional Chinesa (MVTC), como a Acupuntura, Fitoterapia, Massagens, Moxabustão e outras mais, com a devida qualidade e confiabilidade que seu animal tanto merece.Para que o veterinário seja qualificado, ele deverá primeiramente ter se formado em um curso de qualidade que o prepare devidamente para que se torne um bom profissional de acupuntura veterinária.

Texto gentilmente cedido por Daniela Lewgoy - Médica Veterinária - CRMV 8442

Daniela Lewgoy – Medica Veterinária

Gostou do artigo? Compartilhe então!

Hits: 6934

Comentarios (0)


Mostrar/Esconder comentarios

Escreva seu Comentario

Voce precisa estar logado para postar um comentario. Por favor registre-se se caso nao tenha uma conta

busy